sexta-feira, 10 de junho de 2016

O que viver? O que reprimir?


Você junta, encaixota, lacra, guarda e esquece.
Mas quando os destinos são cruzados não tem jeito. Vire e mexe eles se encontram.
É energia. É natureza. É incontrolável.
O destino desafia o seu bom senso e a sua lógica.
Vire e mexe ele revira as caixas guardadas espalhando tudo para todos os lados. Músicas. Desejos. Fotos. Sonhos. Medos. Amores.
E aí você se vê novamente naquela posição de separar o que deve ser juntado, encaixotado, lacrado, guardado e esquecido e o que deve ser encarado, arriscado e vivido.
Difícil.
O destino existe, mas não dá para colocar tudo na conta dele, afinal, todas as escolhas são nossas.
O que viver? O que reprimir?
Só sei que já está ficando cansativo viver arrumando bagunças antigas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário